Escola oferece curso com pagamento somente depois da conclusão

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

A formação em desenvolvimento de software da Trybe não requer pagamento durante a qualificação: aluno só passa a pagar quando tiver renda própria de, pelo menos, R$ 3.500

Quem sonha em ser um profissional do mercado digital precisa se qualificar. Os cursos, entretanto, podem ser caros. Para ajudar os interessados, a escola Trybe tem uma proposta inovadora: oferece formação em desenvolvimento de software full-stack e permite que o aluno pague por ela somente depois que tiver renda própria.

Assim, ele não precisa pagar pelo estudo durante o período em que está se qualificando — mas, se preferir, pode fazê-lo em até 12 parcelas. A ideia é que o estudante só pague quando tiver ganhos de, pelo menos, R$ 3.500. A Trybe, então, só ganha quando os alunos ganham. O modelo tem como base o Acordo de Divisão de Renda (Income Share Agreement – ISA), comum nos EUA.

A proposta surgiu da inquietação em relação à empregabilidade no Brasil. A Trybe pretende trabalhar ativamente desde o início do programa para preparar e conectar os alunos com empresas parceiras — assim, há mais chances de que eles tenham acesso a trabalho quando concluírem a

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: