O homem que agrediu enfermeiros e funcionario tercerizados do ministerio da mulher

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

O homem que agrediu enfermeiros na semana passada, na Praça dos Três Poderes durante um ato realizado por profissionais da categoria é funcionário terceirizado do Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, pasta comandada pela ministra Damares Alves.

Renan da Silva Sena é engenheiro e exerce a função de analista de projetos do setor socioeducativo contratado pela empresa G4F Soluções Corporativas Ltda. Esta, por sua vez, tem um contrato com o ministério no valor de R$ 20 milhões.

A pasta afirmou que pediu a demissão de Renan Sena no dia 23 de abril. Não há, no entanto, nenhuma documentação que prove o ato.

O Renan Sena é missionário da Igreja Batista Vale do Amanhecer. Desde fevereiro, ele também presta serviços à Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. Uma de suas atuações é na execução de medidas destinadas a adolescentes em conflitos com a lei.

Vocês não vão destruir essa nação”, disse Renan Sena usando roupas com as cores verde e amarelo, chamando os profissionais de “analfabetos funcionais” e “esquerdopatas”. “Nós vamos varrer os comunistas desta nação”, continuou ele.

Renan participava de um do ato que pedia intervenção militar e fechamento do Congresso.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: