Juíza é assassinada em local de trabalho no Paraguai e guarda é preso

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

A juíza Diana Eveline Mereles Duarte, de 38 anos, foi assassinada na noite deste sábado (27), no Paraguai, na sede do juizado de Hernandarias, no departamento de Alto Paraná. A vítima atuava na 1ª Instância Civil e Comercial e teve o corpo encontrado no prédio em que trabalhava.

A mulher tinha ferimentos na cabeça e o principal suspeito do crime é um guarda de 28 anos, que cumpria expediente no local. O caso foi descoberto depois que ele foi embora e outros guardas chegaram para assumir o plantão, conforme divulgado pelo jornal paraguaio ABC Color.

A polícia acredita que o guarda tenha matado Diana por vingança, já que a magistrada havia o denunciado por roubo. Foi decretada a prisão do suspeito, que foi localizado e preso neste domingo, 28. A Côrte do Paraguai  lamentou o ocorrido e solicitou rigor nas investigações pela polícia.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: