Activision processa criador de cheat de COD War Zone

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

A Activision Blizzard abriu um processo contra a CXCheats, um dos maiores hacks utilizados por jogadores de Call of Duty: Modern Warfare e Call of Duty: Warzone. A informação foi compartilhada pelos próprios donos do programa, que fizeram um anúncio no Discord no qual informaram que interromperiam o desenvolvimento e o suporte aos produtos relacionados a CoD.

Streamer chegou a ser banido ao esquecer hack ligado na transmissão — Foto: Reprodução/Twitch

Streamer chegou a ser banido ao esquecer hack ligado na transmissão — Foto: Reprodução/Twitch

Até então, a trapaça permitia com que os jogadores tivessem wallhack, onde é possível ver através da parede e aimbot, que fornece o auxílio de mira. Para isso, o jogador precisava adquirir o produto por US$ 60 (R$ 325). À princípio apenas a venda da trapaça para Call of Duty havia sido suspensa do site oficial, mas permanecia vencendo programas ilegais para Apex Legends e PUBG. No entanto, neste momento o site está totalmente fora do ar.

Como resultado do nosso processo com a Activision, concordamos em interromper o desenvolvimento e o suporte para todos os produtos ou serviços relacionados ao Call of Duty vendido por meio do nosso site. Esses produtos não retornarão para a CXCheats de nenhuma forma – disse a empresa no canal de conversa.

Apesar de irônico, os criadores também se desculparam pela “dor” que poderiam ter provocado aos demais jogadores honestos de Call of Duty. Além disso, reiteraram que utilizar ferramentas para auxiliar no jogo pode resultar no banimento da conta do jogador.

Mensagem feita no Discord — Foto: Reprodução/Discord

Mensagem feita no Discord — Foto: Reprodução/Discord

– Você também deve estar ciente de que usando ferramentas terceiras em partidas de Call of Duty pode resultar na suspensão ou banimento da sua conta pela Activision ou pelos desenvolvedores do jogo. Pedimos desculpas por qualquer dor que causamos aos jogadores de Call of Duty – finalizou o comunicado.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: