Secretário de Doria diz que “Vachina” será para o Brasil todo

São Paulo - O prefeito eleito, João Doria recebe o cargo do ex prefeito, Fernando Haddad, durante cerimônia no Teatro Municipal (Rovena Rosa/Agência Brasil)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Please enter banners and links.

Em entrevista, o secretário de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, afirmou na manhã desta quinta-feira (15), que a Coronavac, vacina da China contra a Covid-19 que será produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a empresa chinesa Sinovac, não pode ser exclusiva para os paulistas.

O secretário de Doria afirmou ainda que a vacina, se aprovada na última fase de testes e liberada pela Anvisa, precisa ser compartilhada com todo o país.

“Não podemos socializar a vacina apenas para o estado de São Paulo, não é certo, não é democrático. Temos de dividir com todo o país. A vacina do Butantan é do Brasil, não pode ser exclusividade de São Paulo”, afirmou.

Facebook Comentarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *