Governador argentino diz que o momento não permite reabertura de fronteiras

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Please enter banners and links.

O Governador da Província de Misiones, Oscar Herrera Ahuad, em entrevista concedida na segunda-feira (2) à noite no programa El Periodista de Gustavo Añibarro que está no canal 12 da Argentina, falou sobre a manifestação planejada em Puerto Iguazú, e que solicitou a reabertura da Ponte Tancredo Neves, na fronteira com o Brasil.

Em princípio, Ahuad observou que “as condições sanitárias não existem. Em Foz o índice de infecção é muito alto e Puerto Iguazú é o município da província que apresenta maior rastreabilidade e maior número de infecções relatadas. A abertura da ponte pode gerar um benefício econômico que será dado, desde que a população esteja saudável”.

A respeito de como será o dia em que as fronteiras forem reabertas, Herrera Ahuad comentou que “esta é uma província que gera um sistema de segurança sanitária e para ter tal sistema, com certeza no futuro você terá que apresentar ou o cartão que você foi vacinado ou que você tem um teste que você é negativo e que você não tem possibilidade de transmitir a doença para aqueles que estão ou vão cercar você no momento em que você estiver naquele destino”.

Em relação aos voos, frisou que já solicitaram a abertura de voos que chegam com turistas internacionais, apresentam um protocolo muito acessível, que protege as medidas sanitárias, para quem vier à Província, não só do estrangeiro mas também dos turistas argentinos.

Facebook Comentarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *