Mulheres vítimas de violência domésticas têm prioridades em matrículas nas redes educacionais para seus filhos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Please enter banners and links.

A Lei Municipal 4.910/2020 assegura a transferência da criança para outra unidade de ensino próxima de sua residência caso haja necessidade de mudança de endereço da mulher, com o objetivo de garantir a segurança da família.

Para ter acesso aos direitos fixados pela lei, a mulher vítima de violência doméstica deverá apresentar cópia de um dos seguintes documentos: do boletim de ocorrência constando a descrição dos fatos e a intenção de representar judicialmente o suposto agressor; documento expedido pela Delegacia da Mulher que ateste a situação de violência doméstica da mulher em ver o suposto agressor processado judicialmente; cópia da decisão judicial que concede a medida protetiva.

Confira a Lei: https://bit.ly/3oT2NMg

Assessoria

Facebook Comentarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *