“Black Friday” em Ciudad del Este depende da autorização do Ministério da Saúde

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Please enter banners and links.

Os comerciantes de Ciudad del Este, no Paraguai, esperam que o Ministério da Saúde autorize a “Black Friday”, prevista para o final deste mês. No entanto, devido à aglomeração de pessoas como nas edições anteriores, temem que este evento não seja realizado este ano, considerado a maior “festa dos mega descontos” da tríplice fronteira, que a cada edição recebe milhares de compradores.

“Ainda não temos autorização do Ministério da Saúde. Disseram que vão analisar, mas tende muito para o negativo ”, disse Iván Airaldi, secretário de Indústria e Comércio do Governo do Alto Paraná em relação à proposta apresentada às autoridades sanitárias para oxigenar a economia oriental, gravemente afetada pela pandemia do coronavírus.

Ele ressaltou que a principal desvantagem está na aglomeração de pessoas, levando-se em consideração as experiências de anos anteriores. “O que eles (Ministério da Saúde) não querem é que haja uma aglomeração. Segundo eles, será inevitável ”, acrescentou Airaldi.

Da mesma forma, a “Black Friday” virtual poderá ser realizada com entregas através do sistema delivery, “embora essa ainda seja uma ideia que deve ser desenvolvida nos próximos dias”, destacou Airaldi.

Facebook Comentarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *