Professores desocupam a Alep, mas mantêm vigília do lado de fora e iniciam greve de fome

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Please enter banners and links.

Professores e funcionários deixaram o prédio da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) hoje, dia 19 de novembro, e seguiram até o Palácio Iguaçu. A decisão foi tomada após a justiça estabelecer multa de 30 mil reais caso a ocupação se mantivesse. Um grupo de profissionais iniciou greve de fome.

Uma reunião ocorre com deputados, integrantes do governo e da APP-Sindicato. Os principais temas debatidos são o pedido de revogação da prova para contratação de professores temporários, o pagamento de progressões e promoções, a suspensão da militarização de escolas e a revogação da terceirização de funcionários.

Os educadores vão permanecer em frente ao Palácio até uma resposta positiva sobre a pauta. Cerca de 75 pessoas estavam na ocupação e outras cerca de 300 pessoas aguardavam a saída ao lado de fora.

Facebook Comentarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *