Chico Brasileiro avalia reabrir comércio com limitações a partir de segunda-feira

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Please enter banners and links.

Um novo decreto deveria ser publicado no Diário Oficial do Município até o final de sexta-feira (5), pelo prefeito Chico Brasileiro (PSD), flexibilizando a reabertura dos serviços considerados não essenciais no comércio de Foz do Iguaçu.

Não se sabe ainda se a reabertura, prevista para iniciar na segunda-feira (8), será com capacidade dos estabelecimentos comerciais limitada em 20% ou 30%. A situação será discutida durante a tarde, em reunião com equipes técnicas da Prefeitura.

“O que estamos trabalhando é que possamos diminuir essa circulação de pessoas, mas não mantermos todos os comércios hoje fechados. É importante que o comércio possa ir reabrindo, mas com uma margem pequena de funcionamento, com uma pequena circulação de pessoas dentro dos estabelecimentos comerciais. Estamos trabalhando nesse sentido. Entre hoje e amanhã deveremos emitir o decreto municipal sobre isso. Para que os setores da economia, principalmente o comércio, possa também trabalhar, mas trabalhar dentro de regras e normas para que contribua com esse isolamento social”, disse o prefeito em entrevista à RPC TV.

A flexibilização atende a um pedido de entidades do município, ligadas à Associação Comercial e Empresarial (ACIFI), setores do turismo, entre outros que nesta semana se reuniram com o prefeito Chico Brasileiro.

Nesta semana, a cidade de Foz do Iguaçu passou a acompanhar o decreto estadual, que limita o funcionamento apenas de serviços essenciais e determina toque de recolher, limitando a circulação de pessoas em espaços públicos, bem como a compra e consumo de bebidas alcóolicas, das 20h às 5. O decreto vale até segunda-feira (8), mas pode ser prorrogado.

A ação foi tomada devido ao aumento de casos de Covid-19 em todo o Paraná, com hospitais tendo leitos de UTI no limite da capacidade. Na quinta-feira (4), Foz do Iguaçu ultrapassou os mil casos ativos da doença (1.026) e teve recorde de mortes em um só dia, dez, chegando a 429 no total.

O novo decreto que será publicado ainda hoje também deve manter o toque de recolher das 20h às 5h e aumentará a fiscalização noturna para que não haja aglomerações de pessoas em bares e espaços públicos da cidade.

“Nós temos uma avaliação preliminar de que o isolamento social, que é medido diariamente, não se alcançou aquilo que se esperava, que era acima de 50%. Mesmo com as medidas adotadas, infelizmente ainda tem muita gente circulando e isso diminui o isolamento, mantendo o risco ainda de transmissão da doença”, explicou o prefeito. O chefe do Poder Executivo ainda continuou, dizendo que pessoas flagradas pela fiscalização andando sem máscaras nas ruas, podem ser multadas.

Fonte: Portal da Cidade

Facebook Comentarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *