UPA do Morumbi recebe novo tanque de oxigênio medicinal para os pacientes com Covid-19

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Please enter banners and links.

A UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Dr. Walter Cavalcanti Barbosa, do Morumbi, recebeu neste sábado, 20, um novo tanque de oxigênio medicinal para o atendimento aos pacientes com Covid-19. Desde fevereiro, a UPA faz a triagem e a coleta de exames dos casos suspeitos de coronavírus, para desafogar o Hospital Municipal Padre Germano Lauck. 

A estrutura de oxigênio da UPA, até então, era composta por duas baterias com seis cilindros de oxigênio, com capacidade de 20 m³ cada. O tanque instalado neste sábado tem capacidade de 12 mil litros – o que dará segurança à unidade para garantir a assistência a todos os pacientes que necessitam de oxigênio. 

De acordo com o coordenador da UPA, Adriano Pavan, atualmente a unidade está com 40 pacientes com Covid-19. Por isso, a grande demanda de oxigênio fazia com que a bateria do sistema de cilindros utilizado durasse somente entre 2 e 3 horas. 

“A instalação deste novo tanque é fundamental neste momento em que temos um grande número de pacientes em estado grave, e vai permitir que a equipe atue de forma mais tranquila sabendo que temos a estrutura para assistência”, destacou Adriano.

Exemplo nacional

O Hospital Municipal Padre Germano Lauck foi destaque no noticiário nacional nesta semana devido ao sistema de oxigênio existente. Em fevereiro deste ano, o tanque de oxigênio líquido foi substituído, aumentando a capacidade de armazenamento de oxigênio medicinal de 9.780 m³ para 18.512 m³.

A reportagem, veiculada no Jornal Hoje, mostrou cidades no interior do Estado que sofrem com a falta de oxigênio e estão recebendo o apoio de cervejarias. O hospital municipal de Foz foi mostrado como exemplo do preparo da estrutura. O estoque de oxigênio é monitorado a cada 5 minutos e, quando o nível começa a baixar, é enviado o aviso ao fabricante, que envia um caminhão para a recarga. 

“Todos os investimentos que fizemos desde o início da pandemia no hospital foram planejados para que fossem garantidos os atendimentos a todas as pessoas. E é o que estamos cumprindo, mesmo no cenário mais difícil, com grande número de casos e o agravamento da doença”, afirmou o prefeito Chico Brasileiro.

“Além disso, todas as reformas e ampliações de leitos e compras de equipamentos ficarão permanentemente à disposição da população de Foz do Iguaçu, mesmo após vencermos essa pandemia”, complementou.

Fonte: Assessoria

Facebook Comentarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *