Conta de luz fica 5,6% mais cara a partir de hoje

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Please enter banners and links.

O baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas fez com que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) acionasse a bandeira tarifária vermelha patamar 2. O resultado será um aumento de 5,6% na conta de junho, em relação ao mês anterior. Traduzindo em reais, a energia ficará R$ 6,243 mais cara para cada 100 kWh consumidos.

Além da conta mais cara para o consumidor, produtos e serviços também terão impacto direto.

“O encarecimento dos serviços pode ocorrer a partir desse momento, por exemplo, você vai num salão de beleza e está mais caro, ou ao longo do período. Mas o impacto nos serviços e na produção industrial talvez não volte, mesmo que a bandeira vermelha só dure por dois ou três meses”, explicou o economista André Braz, coordenador do IPC do FGV IBRE, em entrevista ao R7.

Em maio, primeiro mês de estiagem, foi acionada a bandeira tarifária vermelha no patamar 1, com custo de R$ 4,169.

Em Itaipu, o período de seca não deve influenciar a produção de energia. Segundo técnicos da hidrelétrica, a binacional tem capacidade para suportar mais 120 dias de seca sem alterar a geração de energia. Porém, como Itaipu representa atualmente 10,8% da energia consumida no Brasil, os consumidores dependem de usinas de menor porte que integram o sistema de distribuição nacional.

Facebook Comentarios

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *