Polícia Militar amplia o policiamento nas áreas de comércio de Foz

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

A Polícia Militar deu início a Operação Satélite, que tem como propósito ampliar o policiamento em Foz do Iguaçu e região, especialmente nas áreas de comércio. A ação, que acontece simultaneamente em todo o Paraná, segue até o dia 31 de julho, com possibilidade de prorrogação caso necessário. 


O lançamento oficial da operação aconteceu nas dependências do Centro de Convenções, próximo ao aeroporto de Foz. Diversas equipes do 14° Batalhão de Polícia Militar estiveram presentes, esclarecendo a logística do trabalho e tirando dúvidas sobre o novo reforço na segurança. 


“O obtivo central é colocar a PM mais próxima da população, levado mais tranquilidade ao moradores e turistas. A ação visa reprimir ainda crimes como roubos e furtos, além de outros delitos como tráfico de drogas, receptação de produtos ilícitos, contrabando, e descaminho”, explicou o porta-voz da PM, tenente Gabriel Battesini. 


Bases móveis estarão dispostas durante todo o mês em pontos de grande movimentação de pessoas, como região central e Vila Portes. Pontos de bloqueio serão realizadas visando a identificação de suspeitos, foragidos da Justiça, veículos em situação irregular e outros. 


Equipes especiais como Rotam (Ronda Ostensiva Tático Motoriza), Rocam (Ronda Ostensiva com Aplicação de Motocicletas), grupo Choque, RPA (Rádiopatrulha Auto) e outras, farão patrulhamentos constantes pela cidade. 


“Os policiais estarão em contato com os comerciantes e com a população em geral, verificando quais as principais demandas de cada região, para que a Polícia Militar possa trabalhar mais efetivamente em cima dessas necessidades”, ressaltou Battesini. 


Iniciativa do Comando-Geral da Polícia Militar do Paraná, a Operação Satélite era anteriormente realizada apenas na capital Curitiba. Neste ano, porém a ação foi expandida para as cidades do interior. 


Na fronteira, cinco viaturas foram mobilizadas exclusivamente para o policiamento desta operação. A cada dia as equipes percorrerão uma região diferente da cidade, com maior atenção aos locais com grande índice de crimes e ampla circulação de pessoas. O reforço no policiamento acontece após um mapeamento feito pela própria PM. O efetivo não será divulgado por questões de segurança. 


Militares de diferentes áreas e responsabilidades dos setores administrativo e operacional trabalharão em conjunto. A mobilização dos agentes foi feita criteriosamente por cada unidade operacional, a fim de intensificar a presença nos pontos mais sensíveis indicados pela análise criminal, que congrega informações de crimes, horários mais visados pelos criminosos e tipos de delitos mais praticados em cada localidade.


“É uma novidade que queremos implementar com cada vez mais evidência. O policiamento comunitário aumenta o contato dos policiais com a população. Eles estão prontos para atuar contra qualquer ação criminosa, mas também escutam as demandas e anseios da comunidade, colaborando para a construção de uma fiscalização mais assertiva”, disse o comandante geral da PM, coronel Hudson Teixeira.

Denúncias
A população pode colaborar com o trabalho da PM através de denúncias. As informações podem ser repassadas através do telefone 181 e também pelo aplicativo 190, que está disponível para download nas plataformas Android e IOS. 

Facebook Comentarios

Leave a Reply

Your email address will not be published.