Duplicação da BR-469 entra em fase de habilitação dos participantes

Duplicação Rodovia das Cataratas

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) abriu nesta quarta-feira (08) os envelopes de habilitação da licitação da obra de duplicação da Rodovia das Cataratas (BR-469).

Três consórcios participaram desta etapa do processo, por terem apresentado as propostas de preços mais vantajosas para a administração pública, na etapa anterior. Agora a comissão de julgamento do DER/PR vai analisar os documentos de habilitação e tomar uma decisão final quanto ao vencedor da licitação, que será publicada em Diário Oficial e no portal Compras Paraná.

A definição do vencedor também inicia período de recursos e de contrarrazões quanto ao resultado da licitação, que serão analisados e respondidos pelo DER/PR, podendo resultar em alterações quanto ao vencedor.

A obra prevê a duplicação de um trecho de 8,7 quilômetros da BR-469, iniciando logo após o trevo Carimã (acesso para a Ponte Tancredo Neves) e seguindo até o portal de entrada do Parque Nacional Iguaçu.

Também serão implantadas vias marginais, passeios, ciclovia, uma nova ponte sobre o Rio Tamanduá, passa-faunas, iluminação com LED e quatro viadutos, incluindo um de acesso ao Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu.

Está prevista ainda a restauração e conservação do pavimento existente da BR-469 durante a execução da obra, que tem prazo de 18 meses, uma vez concluída a licitação e assinado o contrato.

Parceria
A obra é mais um resultado de convênio entre o Governo do Paraná, governo federal e a Itaipu Binacional, sendo a última responsável pelos recursos.

A união conta ainda as obras da nova Ponte da Integração Brasil – Paraguai e sua rodovia de acesso em Foz do Iguaçu; em Cascavel, a duplicação da BR-277 e do Contorno Oeste; a pavimentação da Estrada da Boiadeira entre Umuarama e Icaraíma; a pavimentação entre Ramilândia e Santa Helena; a restauração da Ponte Ayrton Senna entre Paraná e Mato Grosso do Sul; a nova iluminação viária na BR-277 em Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu e São Miguel do Iguaçu; e, futuramente, a implantação de um contorno em Guaíra.

Facebook Comentarios

Leave a Reply

Your email address will not be published.