São Paulo registra primeiro caso de varíola dos macacos no Brasil

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Foi registrado em São Paulo, nesta quinta-feira (09), o primeiro caso de varíola dos macacos no Brasil. Trata-se de um homem de 41 anos, morador da capital paulista, que viajou a Portugal e Espanha recentemente e está internado no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, na zona oeste de São Paulo. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Na 4ª feira (8.jun), a SES confirmou que investigava o caso. O diagnóstico da doença foi feito pelo Instituto Adolfo Lutz, por meio de teste RT-PCR do vírus Varicela Zoster (com resultado negativo) e análise metagenômica do material genético – a qual apontou a presença do vírus da varíola dos macacos.

Os contatos do homem estão sendo monitorados pelas equipes de vigilância. Na 2ª feira (6.jun), o Ministério da Saúde anunciou que estava monitorando um caso suspeito da doença no estado; foi notificado em 4 de junho e é uma mulher, de 26 anos, também moradora da capital, que não viajou recentemente, não teve contato com pessoas possivelmente infectadas e está internada em um hospital público paulistano – mantida em isolamento e com quadro clínico estável. Os contatos domiciliares dela estão sendo monitorados pela Unidade de Vigilância em Saúde (Uvis) da região. O Centro de Vigilância Epidemiológico (CVE) estadual e a prefeitura de São Paulo também investigam esse caso, desde a semana passada.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que mais de mil casos confirmados de varíola dos macacos já foram reportados em 29 países não endêmicos. Segundo a entidade, o surgimento repentino da doença em outras nações fora da África, onde o vírus circula por décadas, sugere que pode ter ocorrido uma transmissão não detectada há algum tempo. Pelo mundo, a doença foi responsável por 66 mortes.

Segundo o Ministério da Saúde, outros seis casos estão sob investigação nos seguintes estados: Ceará (1), Mato Grosso do Sul (1), Rio Grande do Sul (1), Rondônia (2) e Santa Catarina (1).

Facebook Comentarios

Leave a Reply

Your email address will not be published.