Cúpula das Américas: Bolsonaro exalta o agro e reitera defesa das liberdades

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

O presidente Jair Bolsonaro discursou nesta sexta-feira, 10, na Cúpula das Américas. Durante o pronunciamento, o chefe do Executivo falou sobre os desafios do pós-pandemia, dos feitos do governo e da potência do agronegócio.

“O Brasil alimenta 1 bilhão de pessoas, garantimos a segurança alimentar de um sexto da população mundial”, observou Bolsonaro. “Uma realidade: sem o nosso agronegócio, parte do mundo passaria fome.”

Segundo o presidente, o Brasil não apenas evitou uma crise alimentar ao garantir acesso a fertilizantes, mas também desempenhou um papel de liderança na busca de soluções internacionais em favor da segurança alimentar.

Bolsonaro disse que o Brasil cuida do meio ambiente e de suas florestas, a exemplo da Amazônia, 84% preservada. “Temos a matriz energética mais limpa e diversificada do mundo”, constatou. “Mesmo preservando 66% de nossa vegetação nativa e usando apenas 27% do nosso território para a pecuária e a agricultura, somos uma potência agrícola sustentável.”

Bolsonaro fala sobre liberdades na Cúpula das Américas

Durante o pronunciamento, Bolsonaro disse que o Brasil e outros países vivem “um ataque claro às liberdades individuais”. “Ao longo de meu mandato, o Brasil manteve-se presente nos foros hemisféricos e regionais, trabalhando pela democracia, pela liberdade e pela prosperidade econômica e social”, disse. O presidente afirmou ainda que seu governo apoia os militares, acredita em Deus e é contra o aborto. “No Brasil, já se entende que a liberdade é um bem maior que a própria vida, pois um homem ou mulher sem liberdade não têm vida.”

Facebook Comentarios

Leave a Reply

Your email address will not be published.