Justin Bieber mostra rosto paralisado após ser diagnosticado com doença rara

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

O cantor canadense Justin Bieber, 28, está com paralisia em metade do rosto depois de ser diagnosticado com uma doença rara. Nesta sexta-feira (10), ele compartilhou um vídeo nas redes sociais para explicar para os fãs o que está acontecendo.

“Como você provavelmente pode ver no meu rosto, eu tenho uma síndrome chamada síndrome de Ramsay Hunt. É esse vírus que ataca o nervo do meu ouvido e da face que fez com que meu rosto ficasse paralisado”, disse Bieber explicando como se manifesta a doença.

“Como você pode ver, este olho não está piscando. Eu não posso sorrir deste lado do meu rosto. Esta narina não se move, então há paralisia total deste lado do meu rosto”, disse o cantor Bieber apontando para o lado direito do rosto.

Bieber falou que a doença é muito séria e que o corpo dele está dizendo que precisa desacelerar. “Então, para aqueles que estão frustrados com meus cancelamentos dos próximos shows, eu sou fisicamente obviamente incapaz de fazê-los. Isso é muito sério, como você pode ver”, disse o artista.

Na quarta (8), o cantor havia anunciado o adiamento de shows da turnê Justice World Tour devido à doença. Ele espera com folga na turnê, programada para acontecer até março de 2023, descansar e relaxar para “voltar a 100%”.

Entenda mais abaixo:

O que é Síndrome de Ramsay Hunt?

Fernando Cendes, professor titular de Neurologia da Unicamp, explica que o vírus da síndrome, o varicella-zoster, pode se alojar tanto próximo ao olho (no chamado zoster oftálmico) quando próximo ao ouvido, onde passa o nervo facial que controla o funções nervosas e musculares que permitem os movimentos da face.

Ele conta que a principal características da doença é uma forte dor no ouvido, surgimento de bolhas (vesículas) do lado interno ou externo do ouvido e uma paralisia facial.

O que causa?

Cendes explica que ela não é uma doença genética. O mais comum é condição antigir imunossuprimidos ou pessoas que tiveram uma diminuição da sua imunidade, como uma infecção ou algum outro problema de saúde.

Porém, acrescenta o especialista, a síndrome pode acontecer sem uma razão justificável.

Quais os sintomas? Quanto tempo duram?

Os sintomas costumam durar de uma a três semanas. Os principais são as intensas dores no ouvido e a paralisia dos músculos do rosto.

  1. Forte dor no ouvido
  2. Paralisia facial periférica (inflamação dos nervos que controlam a musculatura do rosto)
  3. Zumbido no ouvido, alterações na audição ou hipersensibilidade ao som
  4. Dor de cabeça
  5. Tontura
  6. Vertigens
  7. No geral, em casos de paralisia facial, a fala também fica mais alterada

Quem está mais suscetível?

Danilo Anunciatto Sguillar, otorrinolaringologista da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, explica que como a síndrome é causada pelo vírus da varicella-zoster, pessoas que tiveram a doença são mais suscetíveis a terem a reativação do vírus em algum momento da vida, principalmente após algum episódio de deficiência do sistema imunológico.

“No momento que essa pessoa tem uma imunossupressão, como o diabates, ela tem uma propensão ao quadro de infecção. Além disso, crianças e idosos também são mais suscetíveis”, diz.

Qual é o tratamento? Quais são as possíveis sequelas?

O tratamento geralmente é feito com antivirais orais que atacam o vírus e, no caso da paralisia facial, corticoides, medicamentos anti-inflamatórios.

Além disso, Cendes acrescenta que a paralisia facial periférica tem uma boa recuperação com o tratamento, mas que é importante fazer fisioterapia para ajudar a reestabelecer a função muscular que foi prejudicada.

Casos mais raros, quando a paralisia facia não é revertida com o tratamento, podem exigir a necessidade de uma cirurgia para descompressão do nervo facial.

Facebook Comentarios

Leave a Reply

Your email address will not be published.